quinta-feira, 29 de novembro de 2007

Ilusão


Desejo, paixão
Percorrem o corpo com emoção
Momentos de prazer ao lado de alguém
Que no outro dia vai embora
E não somos ninguém
Porque vem a saudade
O vazio e a solidão
Quando juntos a alegria reina
O carinho invade
E o Eu Te Amo propaga
Enganando o coração

O parceiro se afasta, a dor chega
Porque a falta de sentimento
Agora é certeza
Afundamos mais uma vez na ilusão

Amor, Amor


Amor, amor
Sinto-te aqui dentro
Mesmo imperfeito
Te utilizo pra fazer sorrir

Quem precisa?
Todos nós
Que lutamos contra a imperfeição
Contra o defeito, o ciúme
E toda prisão
Do interior que se exterioriza
Que traz o mal-sofrer

Te desejo a felicidade
Mesmo longe, mesmo perto
Dentro ou fora de você

Doar



Doar, doar
Eu sou feliz
Brilho a minha luz

Vencer, vencer
Até o fim
É o que me conduz

Faço propagar a minha vontade
De te amar
De te abraçar

Do luar ao sol nascer
Do sol ao luar
Constante e tanto,
Contigo no meu ser

Percorro o mundo
Conheço e aprendo
Viajo pela luz
E com cautela
O escuro visito
Resgatando ou ajudando
Quem necessita
E aquele do qual necessito

Somos livres
Nos encontramos
Nos separamos
Vivemos e morremos
Renascemos e nos ajudamos

Não vou desistir


Não posso te olhar com os meus olhos
Mas estou sempre te olhando com o meu coração
E não quero parar
Não quero isso mudar
Só desejo te encontrar de novo
Como eu sinto você e quero ainda te ver
Chamá-lo de meu amor...

Eu acredito em “milagres”
Nas possibilidades remotas
Do amor se realizar
E de verdade acontecer
Ainda mesmo onde muitos não acham
E não conseguem perceber

Não vou parar
Não vou mudar
Não vou deixar de imaginar
Muito menos de acreditar
Que ainda vou encontrar você

E vou ter você pra mim
Diante dos meus olhos
Diante do meu corpo
Vou tocar você...
Não vou desistir

sábado, 24 de novembro de 2007

Declaração

Dedilho as notas
De uma canção de amor
Para declarar aquilo
Que está guardado aqui
E quero tanto transmitir

Você se tornou importante
Pois completou o vazio
Que estava por dentro
Chorando, procurando você

Suas palavras, seus gestos
Nas atitudes do dia-dia
Nas mensagens, no carinho
No sorriso e também nas tristezas
Que compartilhamos tantas vezes
Tudo me fez admirar você

E foi nascendo em mim
Uma ternura, uma satisfação
O que encantou rapidamente meu coração
Transformando-se em amor,
Loucura e paixão

E agora, com tanta cumplicidade
Diante da amizade e do puro afeto
Faço a mais simples homenagem
Para agradecer tudo que vivemos
Tudo que me faz sentir
E pela emoção que ainda estará
Mesmo com uma separação
Guardada em mim.



quarta-feira, 21 de novembro de 2007

Pêssego...


O seu cheiro de longe me chama
A boca enche d'água
Sua beleza me encanta
Vou ter que te morder



Passo minhas mãos para sentir
Se a fruta está boa

Deslizo meus dedos
Está firme, maduro
Gostoso, macio, saboroso...
Que delícia de pêssego
Adoro comer!



Incontrolável




Controlar o sentimento
Controlar aqui dentro
O que eu sinto por você
É muito difícil,
Eu me apaixonei, me apeguei
Senti e gostei!


Remédio não tenho
Curar você aqui? Não espero
Quero intensamente
Ver, tocar, sentir você.


Amor, paixão,
Loucura, desejo
O que for não sei
Identificar, por que?
Tudo já se misturou


Boa sorte pra mim
Boa sorte pra você
Se não me quer,
Se não sabe...
Vou respeitar
Vou viver
Vou esperar
Até que algo diferente
Algo novo aconteça
Dentro de mim


Talvez te esqueça
Talvez me lembre
Talvez eu descubra
Ou me desiluda de você

segunda-feira, 19 de novembro de 2007

Questionamentos


O que é estranho?
O que é normal?
O correto ou o errado?
Satisfaz ou não?
A música-tema de uma simples reflexão
Espalha notas de dúvidas, de questionamentos...

A dor invade, a saudade bate
E o amor... onde está o amor?
O que é sentir o amor?
Não é posse, nem sufoco
Jamais prisão

Ai... dói
Tanto e muito
Que constrange
Que compromete o metabolismo
O corpo se angustia
Se deita e ali fica
O que é preciso fazer?

Hoje o sim, Eu estou feliz
Amanhã o não, E sofro assim

Quero e não quero
Te adoro e te afasto
Preciso e não preciso
Portanto, é um combate
Se sou ou não sou
Se vou ou não vou
Se te escolho ou te nego

Consciência...
É... a consciência...
Que avisa, que alerta
Que chama, que desperta
A reflexão do que não se resolve
Se sente mas não se sabe
O que é...

Quanta dúvida,
Quanta dor...
Quanta lágrima
Que labuta!

Simples... complexo
Dor ou o inverso?
Transformação no ser
Que acontece sim...
Sem perceber.

sexta-feira, 2 de novembro de 2007

Diário


Estou sem sono
Deitada em meu quarto
Me levanto e saio a procura
Do meu querido diário
Parceiro de noites de insônia
De silêncio e muita demora
Porque não sei ainda se devo escrever
Sobre o que eu queria o dia todo te dizer

Ansiedade, inquietação
Simples palavras
Poderiam alcamar meu coração
Se eu te dissesse que ainda te amo
Depois de tantos anos de solidão
Foi te encontrar e tudo novamente acordar
No sentimento mais lindo que já pude experimentar

Amor


Amor, eu procuro um amor
Que eu não sei se já encontrei
Ainda estou em dúvida
Porque muito já chorei
Ainda não me conheço
E por isso não vislumbrei
A resposta certa
Se no Amor já esbarrei

Humildade


Humildade traz elevação
Caridade é a solução
O orgulho não quero mais
O Egoísmo, deixei pra trás
É o sonho de evolução
De muitos que lutam
E nada é em vão
Logo chegam lá
Com muito trabalho e dedicação
Auxiliando sempre
Em qualquer situação

Sertão querido


Meu sertão querido...
Onde me refugio dos conflitos
Me afasto do barulho
Fugindo da cidade e do ruído
Chego aqui, o cheiro da relva
Das flores, da natureza, como és bela
É bom estar aqui
É bom ser acolhido no berço de minhas raízes
Onde cresci e onde sinto a paz tão querida
Deito na rede, toco meu violão
Descanso e me esqueco dos problemas
Aqui não tem solidão
À tarde aquela chuvinha,
Fogão à lenha, cafezinho e galinha caipira
Mulher do lado, muito amor e harmonia

Vontade


A vontade é de encontrar
Alguém que me faça novamente sonhar
E também acreditar que eu posso ser feliz
A vontade é de me sentir envolvida
Em braços ternos e carinhosos
Braços que eu tenha todo dia

Receber beijos sinceros e duradouros
Expandir todo o sentimento
Que eu possa doar e receber

Novamente sentir e ver tudo se concretizar
Com dias felizes, dias que eu possa me alegrar
E ver que chegou enfim o momento de amar

Sentimento


Sentimento profundo, verdadeiro

Sem traumas, sem medo

Conseguindo se entregar

Se soltar e deixar o sentimento

Se extravasar

Saindo por todos os lados,

Contagiando e fazendo o outro feliz

Com Amor, Paixão, Loucura

Muita calma, responsabilidade e ternura

Vida na roça


Na sanfona que faz tocar
A música que ainda vive em meu olhar
Vivo as lembranças de minha criação
Vida na roça, com brincadeiras e muita emoção
Namorando na moita
Conquistando corações
Tomando cuidado pra não despertar suspeitas
E o pai delas não cometer besteira
Tirando a vida de um pobre peão
À noite aquele forró na quermesse
Muito bate-coxa e a festa, ai que bão, amanhecia
Como eu era feliz e sabia...

Amor


Amor, com te procuro
Ando por vários cantos, pergunto por ti
E nehuma resposta me traz a direção
Me mostrande onde estás

Queria te tocar, te sentir, cheirar
Enlouquecer com você e ter a certeza
De que não fugirás mais

Se você soubesse como te procuro
O que faria?
Viria aqui ou desistiria ainda mais?
Por que fugir?
Por que temer?

Não fique assim


Quantas vezes a tristeza te cerca
Sentes vazio e infeliz
Tudo é cansativo à tua volta
Nada mais o faz sorrir

Tornaste duro e insensível
Tornaste seco e muito vazio
As pessoas se tornaram cruzes
Que insistes em carregar
Reclamas todo dia por não conseguir suportar

Será que é mesmo assim?
Será mesmo que isto não tem fim?
Será prova de Deus?
Ou simplesmente produto dos olhos teus?

Não se sinta sobrecarregado
Não se deixe abater
Confie no Criador, no Divino
Ele mora em você
Te ama muito
E quer te ver crescer

quinta-feira, 18 de outubro de 2007

Desisto


De vez em quando meu telefone toca
Ou uma mensagem chega
Você manifesta em palavras
Mas age de outra maneira

Diz que sente saudade
Que pensa em mim
Mas na realidade,
Não é bem assim

Neste jogo me sinto machucada
Mas ao mesmo tempo
Não tenho raiva
Apesar de ter a vontade de te bater

Provavelmente o problema
Seja a idade
A tal diferença que atrapalha sua vontade
De tomar uma atitude e agir de verdade
Mostrando realmente o que sente e o que quer

Ou talvez seja brincadeira
Jogando com meus sentimentos
Como se fossem de madeira
E depois ateando fogo
E os consumindo na fogueira
Desaparecendo e não te incomodando mais

O que fazer então
É desistir dessa ilusão
De encontrar o suporte amigo
Um amor compreensivo
Em alguém que não quer nada além
De uma paixão

Responsabilidade Afetiva



Responsabilidade Afetiva


A Responsabilidade do afeto
Começa no pensar
Procurando ter boas atitudes
Evitando o outro machucar

Sinceridade, compaixão
Ternura, carinho, emoção
Lembrando-se sempre
Que além do corpo
Estamos lidando com um Espírito irmão

Ame ao próximo como a si mesmo
E se isto não está funcionando
Pare! Com certeza há um defeito
Porque o sentimento e o auto-conhecimento
Não estão tendo um bom proveito

A Centelha Divina
Permanece em nós
Acendamos nossa luz
A levando a muitos corações
Que sofrendo passarão a sorrir
Com a certeza de poder
Se apoiar em nós

Busquemos o amor
E sintamos ele vibrar
Aquecendo o coração
Sempre pronto a doar

Não o procure entender
Muito menos o dominar
Sinta-o até mesmo
Se o outro não te amar
Pois isso não importa
Que esse amor ainda
Vai contagiar!

Força

A meiguice do sorriso
Ar de criança
Que conquista a todos
Mas sofre com a derrota
Por não agradar o moço
Com quem queria se casar

O sofrimento bate
E as forças são levadas
Cai-se triste numa cama
Sem sorrir, sem comer e sem fazer nada
Por que essa dor, criança?
Isso não é nada
A maturidade ainda alcança
Força, bata a poeira e siga
A felicidade ainda te abraça!

Laços Rompidos

Laços são rompidos
Facilmente em discussões
O sentimento ainda é frágil
E não suporta confusões
Pois logo a confiança abala
E se quebra com a relação
Que na verdade não passava
De simples ilusões!

Prejuízos Renovados

Beijos, apertos
Ofegação e prazer
Produzindo muito pouco
Pelo sentimento esquecer
No outro dia o arrependimento
Cada um pro seu lado
O amor foi esquecido
E a viciação estabelecida
Atraindo novos prejuízos
Constantemente renovados

Robotização humana

Aprender a decorar
A ser robotizado por padrões
Agindo por “controle remoto”
Esquecendo das próprias emoções
O ser humano não é máquina
E não deve se deixar manipular
Nem quem te criou faz isso
Por que deixa o outro te tomar?

quinta-feira, 4 de outubro de 2007

A Magia do Perceber


Muitas vezes me pego sozinha pensando...
Desejando um amor através de um encanto
Como se num passe de mágica
Tudo pudesse se resolver
Eu acredito em fadas,
Em duendes e na mágica
De uma vida diferente poder ter
O inesquecível acontece
De repente o amor aparece
O problema é não perceber
A hora certa chegar
Desapegando-se do velho pensar
Na coragem de novas aventuras viver
Será que é assim?
Arriscar-se sem fim
Esperando um bom desfecho suceder?
O que será que eu quero?
Eu percebo ou eu nego
As oportunidades que chegam a mim?

Insaciabilidade




Fome... mas não consigo comer
Sede... mas não consigo me saciar
Vontade... que não consigo realizar
Saudade... do tempo que não volta mais
Medo... do inesperado
Cansaço... sem estímulo de lutar
Solidão... sem alguém para amar

A vida se torna indigesta e vem a sensação de não aguentar
A solução? Revolucionar o interior!

Desiludir-se é o melhor remédio
Chorar e curar todo tédio
Porque continuar se iludindo, não dá


A verdade logo aparece
E a missão a cumprir acontece
Levando-nos ao sucesso
Por sabermos onde ir
E a consequência positiva fluir


domingo, 30 de setembro de 2007

Cristo te chama


Não há porque fugir
Cristo te chama
Caminhe com fé
Ele é força que alavanca

Mude seu interior
Transforme-se
Seja autêntico
Abandone o egoísmo
Esqueça todo orgulho

Encontre-se consigo
Posicione-se diante de si
Fortalecendo a escolha
Rumo à melhoria
Chegando às alturas

Vazio de você


A cada dia que amanhece
Sinto o vazio a me percorrer
Conheço pessoas interessantes
Troco sorrisos constantes
Amizades, abraços, carinhos
Saio por aí nas festas
Mas nada me satisfaz como você

Você foi e será inesquecível
Inalcançável, imaginário
Não posso ter você, por que?

O meu interior clama
Todos os meus sentidos te chamam
Eu ainda amo você

Quando me lembro que já te toquei
Que já te beijei, te abracei e te senti
Entristeço por não entender
Como pude me apaixonar assim
Tão intensamente por você

Poucos encontros, poucas palavras
Sem conhecer de fato quem és
Mas sentindo com a alma
Toda sua vontade de amar
E a sintonia que se estabeleceu entre nós

Coisa linda, presente de Deus
Quebre essa barreira em seu coração
Revele o que sente e o que és
Me mostre o que sente por mim
Não se esconda, permita-se sentir
Quebre os padrões e sejas feliz meu querido

terça-feira, 25 de setembro de 2007

Tristezas


Tristezas...desilusão
Me sinto à beira de uma praia deserta
Tocando a areia...
Vêm as ondas, vem a ventania
Tento segurar aquele monte de grãos
Que se escapam e são levados
Mas ainda há muitos outros grãos
Muitas outras pessoas
Muitos outros amores
E todo um horizonte pela frente
Toda a eternidade, todo o infinito
E talvez em toda essa imensidão
Algum dia reencontre quem eu tanto busco
Talvez eu sinta novamente seus braços
Ouça suas palavras doces compartilhando seus sonhos...
E com certeza cantaremos juntos aquela canção
E a praia não estará mais deserta
Caminharemos longas extensões juntos
Filosofando, dançando, sorrindo e por que não chorando?
Renovando as energias e deixando fluir o amor

Meditar


Meditar, espiritualizar-se
Ir além
Aprender a manipular os sentidos
Conectar-se com o Universo
E percorrer todo o infinito
Com a força do pensamento

Aprender com o silêncio
Trocar energias com o meio
Sentir a natureza
O toque das águas
Mergulhando para a limpeza
De todo o interior

Abraçar a árvore
Conversar com as aves
Respirar fundo e agradecer
Ao Criador por toda beleza que fez
E que tem a nos oferecer

quinta-feira, 20 de setembro de 2007

Projeto Rondon


Projeto Rondon
Projeto a ensinar
Comunidades carentes
Recebendo jovens eficientes
Dispostos a trabalhar

Transforma-se a realidade exterior
Mas principalmente o interior
De pessoas que se conscientizam
De que muito deve ser feito
Mas que é possível suas vidas melhorar


O resultado da interação é muito amplo
Porque as consequências são de mão-dupla
Renovando e modernizando populações
Buscando corrigir os "defeitos"
Modificando-se o univesitário
Que nunca mais será o mesmo!

Encontro de Almas Afins


Escutei um barulho bem longe
Me aproximei e ouvi uma canção
Melosa, tranquila, soando...
Muito amor e terna paixão

A canção dizia sobre um casal
Que enfim conseguiu superar
Toda a obsessão vencendo séculos de luta
Quebrando o ódio e a insistente solidão

Traziam no íntimo a vitória
Do encontro finalmente a se realizar
Proporcionando a explosão de sentimento
Controlodo pela prova da expiação
Que enfim iria terminar

terça-feira, 18 de setembro de 2007

Sonhos


Sonhos confusos
Sem interpretação
Flashes que viajam na mente
E que durante o dia
Trazem a interrogação

Ouve-se uma palavra
Assiste-se uma cena
Aparecem as lembranças
Conectam-se os temas

Faculdade incrível
Que não sei muito lidar
Mas quero muito desenvolvê-la
Pra conseguir ajudar
A mim mesma ou o próximo
Que de algo precisar

Transformações da Vida



É noite...
Terminam as aulas
Saio a caminhar
Ruas desertas
Muita ventania
Chovem folhas secas
Ritual de despedida
Lá se vai o inverno
E a renovação se inicia
Está chegando a primavera
Estação de flores e de alegria

Começo a refletir
Sobre o ciclo da vida
Na perfeição da natureza
Cumprindo sua tarefa
Com perfeita harmonia

O vento bate em meus cabelos
Desarrumando cada fio
Controlo com minhas mãos
Mas está ficando difícil
Então páro e agradeço
Por entender a lição
Que um momento propício
Trouxe ao meu coração

Diante da dificuldade
Não lute contra a ventania
Pare e pense
Encontre novo ponto de partida
No ciclo da vida temos várias estações
Viva intensamente cada uma
E aprenda a aceitar cada transformação





Refinando o aprendizado

No caminho para casa
Aproveito o momento de silêncio
Para refletir sobre meu dia
Relembrando o que tenho feito

Encontro tristeza, mas também alegria
Penso na paixão
Que continua não correspondida

Continuo sozinha e sem alento
Respiro bem fundo
Quero mudar este pensamento

Me pego então viajando
Em busca de novas aventuras
Conhecendo outras pessoas
Amizades, carinho e muita ternura

Quero aprender de novo e de novo
Como me relacionar
Não quero causar dores
Nem lágrimas
No coração amigo que me aceitar

Desejo compartilhar sentimentos
Que o momento propiciar
Conhecer o ser humano
Complexo e demais!

quinta-feira, 13 de setembro de 2007

Homenagem

É gratificante ver um sorriso
Após lágrimas aflitas de dor
Contribuindo em todo o momento
Doando carinho e muito amor

Criança não mente e nem finge chorar
Diz tudo o que sente, sem medo de errar
Desabafando seus problemas
E confiando a solução encontrar

Ser Professora não traz grana
Traz conhecimento, experiência e muita fama
Estrela na vida de muita criança
Que chega em casa e põe-se a lembrar
Que no outro dia vai ter aula
E sua professora querida irá encontrar

Seja exemplo, mostre que é humano errar
Ensine que recomeçar a lição será preciso
Quando a dificuldade apertar
Que tudo vale a pena
Basta ter vontade e de novo tentar

Contribua para a formação de cidadãos
Conscientes, maduros
Participativos e não ignorantes
Lutando por seus ideais
Guardando-te nas lembranças
Que se transformarão em muitas jóias
Como pérolas e diamantes

terça-feira, 11 de setembro de 2007

Busca da realização no amor!


Às vezes me pergunto porque te amo tanto assim
Não há uma resposta definitiva que me faça desistir
Nem nada que me faça prosseguir
E assim caminho carregando minha dor e minha esperança

Sei que tudo é passageiro e que sentimentos se transformam
Estou aqui ansiosa por ver resultados
Enquanto isso me sinto triste chorando a ausência
De alguém perto de mim, cuidando de mim...

E aí me pego a te esquecer
Falo pra mim mesma que não quero mais pensar em ti
Melhor dar oportunidade a outra pessoa e tentar ser feliz
Começo a caminhar e logo vêm lembranças tuas
Seu sorriso que não consigo esquecer

Peço a Deus em prece todos os dias
Que me auxilie e me alivie
Que me tire deste estado platônico
Amando em segredo praticamente um estranho

Não há culpados no amor
Não há desculpas, não há escolhas
Há um contentamento
Tão descontente que desanima hoje
E reanima amanhã

Vou continuar sentindo e continuar pedindo
Pra encontrar um dia quem tanto procuro
Num magnetismo percebido no íntimo
Com a possibilidade de fazer acontecer
Doando e recebendo todo o amor que eu puder merecer

sexta-feira, 7 de setembro de 2007

Encontro

Os olhares se cruzam
Se conectam e conversam
Corpos se aproximam
Sentindo o cheiro que hipnotiza
Toca-se a pele, também os cabelos
O desejo cresce
Logo vem o beijo
Explosivo, selvagem
Com mordidas e apertos

Os corpos ainda mais se aproximam
E as mãos não param de se movimentar
Vai subindo aquele calor
E descendo muito suor
A imaginação dispara em pensar
Mandando impulsos, desejos
Pra gente realizar

Curta com responsabilidade o momento
Intenso de prazer
Se entregue por inteiro
Sinta tudo sem medo de se arrepender

Dúvida

Pretensão a minha
Em acreditar que posso te alcançar
Despertando algum sentimento
Uma vontade de comigo outra vez se encontrar

Não se pode julgar um outro ser
Ainda mais porque seu coração não se pode espionar
Não permite diálogos e insiste em disfarçar
Nada quer dizer, e nem quer se aproximar
O silêncio reina e a interrogação estabele
Há suposições mas a verdade não se conhece

Não se pode escolher de quem gostar
A paixão me invade e ainda não aprendi a controlar
Nem disfarço não sentir, não há porque esconder
E acredito que em breve entenderei o porquê
A calmaria logo chega pra tudo se esclarecer

Jardim do Amor

Sentir, sentir, sentir
Mais do que palavras ditas
Muito mais do que ouvir
Está além do que os olhos vêem
Exatamente no sentir

Percebendo tudo acontecendo
Transformando e renovando por dentro
Numa revolução onde surge o amor
Que brota simples como a flor
Delicado, deslumbrante
Se transformando em beleza
Nítida e prazerosa
Aos olhos de qualquer observador
Crescendo e necessitando
De muita água e calor

Nada acontece do nada
Todo terreno para ser fértil
Deve ser preparado e regado
E quando o coração está pronto
O amor é semeado e acolhido
Desenvolvendo-se bem
Pois foi bem cuidado e sentido
Durante longas jornadas de trabalho
No processo de evolução e percepção

O bom jardineiro do amor
Sabe o amor plantar
Cultivando-o a todo minuto
Esperando a hora certa chegar
De ver todo o jardim florido
Enfeitando o coração satisfeito
Que sabe esperar e também cativar
Naturalmente pela beleza que sabe espalhar

Cuide bem deste jardim e sinta-o crescer
Não tenha medo de a mão na massa colocar
É realmente um trabalho suado
Mas gratificante porque é visível o resultado
Ao ver sorrisos prazerosos
Das pessoas que estão ao nosso lado

Amor Impossível

Eu tenho um amor
Um Amor impossível
Eternamente inesquecível
Que me faz sofrer
A ponto de enlouquecer

Então apaixonada, sofro calada
Tudo fica mais difícil
Por que?
Ah, eu não sei
Ná dá pra explicar as coisas do coração
Detalhes de uma grande paixão
Que não tenho como controlar

Mas eu só queria uma chance
De viver um momento
Que me deixasse louca
E me fizesse sonhar...

Mas o dono desse amor
Que viaja no meu pensamento
Arrepia minha pele e mexe por dentro
É uma pessoa que não sei se gosta de mim
Mas diz que me ama cada vez mais!

segunda-feira, 3 de setembro de 2007

Esperança

Talvez a verdade seja essa
Viver uma vida prestando auxílio
Doando sempre um ombro amigo
E voltar pra casa com o dever cumprido
Ao mesmo tempo se sentindo sozinho

A carência é uma sensação
Chata, porque nos joga no chão
A auto-estima fica baixa
E nos sentimos incapazes
E na impressão daquele amor
Não poder encontrar

Pode ser falta de fé
Pode ser falta de confiança
Seja o que for
Não lute contra a maré
Mantenha firme a esperança
Na hora certa tudo vai chegar
E toda essa verdade irá se desmanchar
Porque terás encontrado
Alguém pra de ti cuidar

sábado, 1 de setembro de 2007

Grande amor

Amor, grande amor
Sinto você aqui dentro
Crescendo rumo ao infinto
Sentindo a necessidade
De cuidar de um amigo
Que poderia não ser mais
Amigo e sim amante
Bastaria sorrir pra mim
E me beijar como antes

Ai como eu gostaria
De ter de novo uma chance
De beijar aqueles lábios
E mordê-los um instante

Eu iria aproveitar
Melhor cada momento
E também iria mostrar
Que o que eu sinto é sentimento
Puro, sincero e verdadeiro

E que basta sentir
Para então se apaixonar
Que o resto é consequência
Se o acaso deixar

Dor da ilusão

Todos os dias me pego pensando
Preciso te esquecer, tudo não passa de um engano
Não posso te ter e você não me quer
Nem lembra que existo
Deve ter outra mulher

Mas ao mesmo tempo
É tudo involuntário
Sinto esse calor, necessidade sua
E não quero mais ser tão solitária

Logo penso: Que luta é essa?
Lutar contra tudo o que sinto
Não posso viver assim
Fingindo não sentir o que está em mim

De você eu preciso
Pelo menos um pouquinho
Cuida de mim
Cuida do meu coração
Ele muito chora a dor da ilusão
E tem muita esperança
De ver você o tirando de toda dor
E de toda solidão

Relacionamento

Qual uma criança que acredita em duendes e fadas
Acredito em você
Qual um cego que busca sempre aonde se apoiar
Me apóio em você
Qual um animalzinho sem abrigo
Meu abrigo é você

Relacionamento é confiança
Cumplicidade e companheirismo
Você me completa mesmo distante
Numa sintonia gostosa e constante
E mesmo sendo livre
Sente o prazer de me encontrar
De fazer contato, de telefonar

Posso não te ter sempre de corpo
Mas sei que te tenho de alma
Sinto você aqui comigo a todo momento
Me acolhendo e protegendo
Com certeza no prazer de ter você

Não quero te prender
Não quero te possuir
Quero você existindo em mim
No meu sentir, no meu existir
Partilhando cada dia que se seguir
E todos os dias após o trabalho
Feliz de sempre voltar pra mim

quarta-feira, 29 de agosto de 2007

Satisfação

Cada vez que fecho os meus olhos
Me lembro de você
Lembro do seu sorriso
Do toque das suas mãos
Lembro-me do carinho
E das tuas palavras que chegaram
Em meu coração

Eu faço preces constantes por você
Como um anjo que quer te proteger
Velando sempre por ti
Amenizando dissabores
Acompanhando-te nas dores
Fortalecendo-te, animando-te
Se por um acaso quiseres desfalecer


Às vezes muita coisa não consigo
Porque talvez não seja tempo
Ou então porque não acredito
Que o poder de te alcançar posso ter

Te vejo em meus sonhos
Distante, sorrindo e cantando
Lindas canções de satisfação
E sentir isso é muito bom
Porque significa que estás bem
Vivendo sua vida e buscando ser feliz
Com tudo o que tem

Boa Notícia!

Correr riscos eleva a auto-estima
Receber uma boa notícia tua então,
Eletriza todo o meu dia
Numa alegria profunda e contagiante
Dando-me força e esperança
É um dos combustíveis da minha vida

Não sei porque o que sinto é como sinto
Só sei que é tão bom que me pego a sorrir
Me pego a ver tudo modificado, tudo melhorado
Só porque consigo estabelecer: uma conexão com você!

Pensamento

Estava andando na rua refletindo sobre a intensidade dos momentos, chegando em casa escrevi a seguinte frase:

Intenso não é o momento que lutamos para fazer acontecer, mas é aquele presente de Deus que acontece naturalmente eternizando-se no tempo mesmo sem muita duração.

Conquista

A conquista é algo natural
Encontro de seres afins
Na simples lei de Atração
Vivendo intensamente
Cumplicidade Total
O importante é sentir
O sentimento existir
Percorrendo todo o ser
Deixando apenas fluir
Podes dançar, sorrir ou cantar
Filosofe, encante
Mostre o tanto que o outro é importante
E que com ele quer ficar
Confiança é primordial
De um lado dizer, do outro acreditar
Falando sempre a verdade custe o que custar
Não tendo medo se o outro não irás agradar
Conquiste pelo que és
E sucesso vais ter
A lembrança será eterna
Mesmo que a separação
Venha a acontecer



Amada Lua


Lua, amada lua

Estás no céu durante todo o dia

Quietinha, esperando sua hora

Como brilha reinando na noite

Te procuro constantemente

Falo de sua beleza aos montes

Mostro-te a todos

Amigos ou amantes!

sexta-feira, 24 de agosto de 2007

LUA

Lua, beleza infinita!
Admiro-te toda noite
Confesso-te meu dia
Falo dos meus amores

Caminho sob ti
Pensando e sonhando
Sorrindo em segredo
Lembrando dos meus planos

Compartilho contigo
Sentimentos dos mais diversos
De alegria, de desilusão
Toda noite algo confesso

Quanta vivência temos juntas
Já iluminou tantos momentos...
Lindos, engraçados, aventuras
Que me trouxeram experiência, conhecimento

Anoitece e logo te procuro
Não importa onde estou
Na rua, na faculdade, numa viagem
És motivo de louvor!

Quando refletes nas águas do mar
Apaixonados na praia deve encontrar
Fazendo juras eternas
E te convidando a testemunhar

Se refletes no rio, num riacho
Ou mesmo na nascente junto a uma serra
No deserto, nas montanhas
Não importa o lugar
Acrescenta magia
Aonde quer que estás
Pois é criação divina
Que vou sempre exaltar!

domingo, 19 de agosto de 2007

Cobranças e reclamações

Ouvir reclamações todo dia não é fácil
Ainda mais se somos o motivo do esculacho
E a cobrança se torna constante
Numa pressão impressionante
Porque não conseguimos todos agradar
E muito menos alcançar rápido a perfeição
Caímos no desespero e abrimos frestas pro fracasso
Que nos obsedia e a cada dia nos faz mais sofrer

Diante da crítica alheia uma pergunta deve ser feita
Devo viver conforme a vontade de outrem e a felicidade perder?
Porque muitas pessoas acreditam na crítica do outro
Vivem em função do outro
Pra tentar sempre agradar
E morrem sem se auto-conhecer
E muito menos sem a liberdade ter
Deixando sua vontade se esconder

Será que conseguimos mesmo amar?
Vamos tentar parar de julgar
De exigir do outro o que não se pode ter
De muito cobrar e fazê-lo sofrer
Porque muitas vezes isso não conseguiremos realizar
É isso que gostaria que fizessem com você?

Garoto Triste

Sente-se aqui do meu lado
Conte-me o que sente
O que há aí dentro e tanto faz doer
Seja sincero e verdadeiro
Será que algo posso fazer?

O que há aí dentro?
Oh garoto triste,
eu imagino como se sente
Sei de suas limitações
Sente-se aqui
Conte-me seus problemas

Não se sinta infeliz
Deixe-me ajudar
Vamos contar os pingos de chuva
Sinta-os caindo em sua cabeça
Todos pra você, renovando você
Chore se precisar

Deite-se em meu colo,
Deixe-me de ti cuidar
Pense, não deixe essas motivos te abalar
Saiba que você pode
Tudo isso você pode mudar

quinta-feira, 16 de agosto de 2007

Em homenagem a um amigo nota 10!

Um amigo verdadeiro

Gosta de rir, adora brincar
Sempre tem um motivo pra zuar
Implicando sobre qualquer defeito
Que possa salientar

Foi assim que te conheci
E gostar de você logo aprendi
A amizade sincera surgiu
Pois você realmente me conquistou

Ezequiel Elias, forte como um guerreiro
Sincero e muito companheiro
Com quem sempre vou contar
Mesmo se o negócio for dinheiro
Ele se oferece para emprestar

Nossas conversas filosóficas
Reinando sempre o respeito
Você me escuta e não briga
Mesmo não concordando por inteiro

Te amo muito mesmo
Tudo que sinto é verdadeiro
Porque você é o amigo e parceiro
Que com carinho sempre vou lembrar

Paixão não correspondida

Muitas vezes a paixão nos invade
Bate à nossa porta sem percebermos
E vai crescendo e dando medo
Pois nem sempre conseguimos lidar

E o sentimento passa a existir
Sincero nos fazendo muito sorrir
Mas muitas vezes nos faz sofrer
Por nada em troca receber

O importante é tentar
Um dia, o verdadeiro amor chegará
Trazendo a alegria mútua no ato de se dar
Satisfazendo com certeza o coração
Triste de tanto chorar

Basta sentir tudo com emoção
Mesmo que o outro diga não
Sem retribuição tudo com o tempo passará
E a consciência tranquila vai estar
Porque para o amor realizar tudo se tentou

segunda-feira, 13 de agosto de 2007

Renovação

As despedidas são necessárias
Porque novos encontros acontecerão
Caminhos se cruzam, tenha certeza
Depois, separar-se-ão

A juventude é um estado de espírito
Tesouro magnífico que necessita distribuição
Doando muita alegria e disposição
Juntando-se ao sorriso sincero de muitos irmãos

Quem precisa de auxílio precisa alcançar
A grande vontade de melhorar
E ânimo pra alcançar a vitória merecida
Que não tarda em chegar

A vontade de conhecer e de aprender
Passa a ser natural
Nada de mais, nada de menos
Esplêndida na escala evolucional

Nas experiências do dia-dia posso e devo errar
Para que o conhecimento possa então brotar
Reinando e compartilhando em todos os momentos
Levando e transmitindo sempre muito amor

Confusão

Turbilhão de sentimentos
Que ultrapassam a compreensão
Quando se apaixona e cai-se na confusão
Muito se transforma e logo chega a ilusão
Vindo a chuva de pensamentos
Numa infinita disputa entre razão e coração

Razão insiste em dosar
O coração, só quer amar
Meu Deus que coisa louca
Que confunde demais
Não sei o que devo fazer
Mas sei que quero viver

Tudo me faz sentir inspirada
Mas ao mesmo tempo tocada
Pela natural tristeza de não ser amada
Por alguém que agora me faz sofrer

Como a confusão já está armada
O que posso fazer?
Necessito de uma decisão rápida
Para parar de perecer

Vou optar pela razão
Mas sei que o coração vai cobrar
Acreditando na arte da solução
Pra sentir tudo que se possa vivenciar

Os destinos estão traçados
Vou caminhar com o necessário
Vivendo tudo que sinto
Esperando encontros marcados
No acaso que não será em vão

Sem atrapalhar a inspiração
Continuarei a produção
Pois realmente acredito
Que o amor não tem condição
Muito menos explicação
Vou continuar sorrindo
E superar essa confusão

Escolhas para a evolução

Todo mundo faz
Mas eu não quero fazer
Amar livremente e não sabendo porque
Dizer que ama e não sentir
Basta! Não é o que eu quero pra mim

Busco o auto-conhecer
Para saber bem o que escolher
E sentir o amor nascer
Florescer e crescer
Regando-o como um jardim

Percorrendo o caminho escolhido
Com grande convicção
Alcanço com sabedoria muita evolução
Na certeza do dever cumprido
E não tendo porque se arrepender

Aprendendo a doar e também a servir
Realizo uma grande transformação em mim
Renunciando em prol de alguém
Que se sentirá bem e será mais feliz
É a escolha que todo mundo não faz
Mas isso sim é o que eu quero pra mim

sexta-feira, 10 de agosto de 2007

Homenagem aos pais

Pai,

Símbolo de amparo, alegria e proteção
Muitas vezes carrasco quando simplesmente diz não
Tarefa suada, trabalhando sempre no bem
Para dar o sustento em casa
Gastando todo o seu dinheiro do mês
Alimentando com o pão material e espiritual
Lutando na formação de homens de bem
Na alegria da verdadeira doação

Amigo pra todas as horas,
Jamais te esquecerei
Quando reclama, tens toda razão
Pela vasta experiência e desejo de conversão

Estás no meu coração
Sem você eu não seria como sou
Plantou em mim a semente do amor
E por ti eternamente grata sou

É preciso compreender
Que não é fácil ser Pai
Modelo que educa, exemplo que vacila
Mas encaminha para crescer
Na intenção de ver-nos aptos a vencer
O filho não entende, mas um dia há de crer
Que ser pai é a grande dádiva
Que muitos precisam conhecer

Na caminhada do dia-dia

Na caminhada do dia-dia
Sinta o vento batendo em seu rosto
Erga os braços e sorria
Refresque-se com esta brisa
E se imagine a voar

Feche os olhos
Vá aonde seu desejo te chame
Encontre quem tanto goste
E dê aquele abraço para despertar
A alegria de um grande encontro
Que a imaginação pode proporcionar

Sinta o momento presente
Desperte lentamente
Abra os olhos
E continue a caminhar

quinta-feira, 9 de agosto de 2007

A um grande amigo

Não diga nada se não puder
Basta sentir o que vem de mim
E assim, viajar num mundo sem fim
Cheio de alegrias e bem-querer
É tudo que desejo a você!

Se você então, resolver dizer
Diga-me o quanto faço bem a você
Que assim, saberei como proceder
Te farei sorrir e velarei sempre por ti
Pra você não mais me esquecer

Lembre-se que contigo sonhei
e preocupada fiquei desde então

De lá pra cá, vivo a te amolar
E espero chegar numa solução:
De ver você feliz
E de volta enfim, na nossa reunião!

Amor

Busco incessantemente um amor
Aquele amor verdadeiro
Amor intenso, o amor...

Viveria sem medo
Continuaria vivendo, sem parar

Com o amor, tudo é mais fácil
Tudo fica tranquilo e iluminado
E o sorriso vive estampado no olhar

As cores ficam vivas
E as flores enfeitam todo lugar

Tudo tem um doce sabor
Enfim, tudo modifica se se tem amor

O que sinto por você

Quando você me procura
Enche meu coração de alegria
Por dividir comigo um pouquinho da tua vida
Por me fazer compreender ainda melhor o que eu sinto
E é tudo tão bom....

Sinto uma grande alegria ao ver você sorrir
Pois isso, eu já vi...
E vejo aí uma pessoa tão forte, tão linda
Basta querer mostrar

Seja feliz, leve todo esse bem
Transmita a todos à sua volta
Revele suas virtudes e esqueça seus defeitos
Porque defeitos, todos temos
E estamos precisando de virtudes unidas
Lutando por um mundo melhor

Cante comigo, dance comigo
Se entregue....
Deixe-se ser feliz
Eu sei que você pode

Respire fundo, largue o passado
E recomece a partir de agora
Uma nova vida
De muito trabalho com alegria,
Caridade, esperança e muito amor.

Música - Renascerá

Deixa falar a voz que vem do coração
Estende a mão, dá um sorriso
Deixa sair o amigo que existe aí, bem dentro de ti

Deixa o amor crescer, você vai perceber
que o mundo bem melhor será
Procure nisso crer, você vai perceber
Que ser, é muito mais que ter

Renascerá aquele que acreditar no amor
E a luz do amor o guiará
Renascerá aquele que quiser viver o amor
Pois este amor, sustentará

Quando te sentires sozinho
Lembra que alguém vela por ti
Quando não houver mais alegria
Lembra que um dia bem melhor irá chegar

Você vai ver
Que o pode do amor apaga a dor
E o que acontecer
Sempre terá um porque de ser
Renascerá, Renascerá, Renascerá

Há sempre alguém

O mundo inteiro está cheio de pessoas.
Há pessoas caladas que precisam de alguém para conversar.
Há pessoas tristes que precisam de alguém que as conforte.
Há pessoas tímidas que precisam de alguém que as ajude vencer a timidez.
Há pessoas sozinhas que precisam de alguém para brincar.
Há pessoas com medo que precisam de alguém para lhes dar a mão.
Há pessoas fortes que precisam de alguém que as faça pensar na melhor maneira de usarem a sua força.
Há pessoas habilidosas que precisam de alguém para ajudar a descobrir a melhor maneira de usarem a sua habilidade.
Há pessoas que julgam que não sabem fazer nada e precisam de alguém que as ajude a descobrir o quanto sabem fazer.
Há pessoas apressadas que precisam de alguém para lhes mostrartudo o que não tem tempo para ver.
Há pessoas impulsivas que precisam de alguém que as ajude a não magoar os outros.
Há pessoas que se sentem de fora e precisam de alguém que lhes mostre o caminho de entrada. Há pessoas que dizem que não servem para nada e precisam de alguém que as ajude a descobrir como são importantes.
Precisam de alguém
Talvez de ti ...

Autoria desconhecida

Pensamentos

Penso em ti...e como penso
Sonho contigo, viajo contigo
E espero de ti uma resposta em vão
Sofro, padeço e com este amor enlouqueço
De tanto pensar

O que quer que venha acontecer
Quero ver um desfecho acontecer

Sente-se aqui e me conte tudo o que sente
Será que é recíproco?
Será que é o mesmo que sinto?
Não será imaginação?
Não será ilusão?
Em vão ou não estou pedindo-te ajuda
Vamos resolver tudo agora

Venha aqui perto de mim, me dê sua mão
Brinquemos com nossas mãos entrelaçadas
O que será que acontece?
O que será que você sente?
Oh querido, esteja aqui, esteja perto de mim
Minha alegria, minha sorte, meu sonho...

Oração dos Estressados

Senhor, dê-me serenidade para aceitar as coisas que não posso mudar, coragem para mudar as coisas que não posso aceitar, e sabedoria para esconder os corpos daquelas pessoas que eu tiver que matar por estarem me enchendo muito o saco .
Também, me ajude a ser cuidadoso com os calos em que piso hoje, pois eles podem estar diretamente conectados aos sacos que terei que puxar amanhã.
Ajude-me,sempre, a dar 100% de mim no meu Trabalho: 12% na segunda-feira, 23%, na terça-feira, 40% na quarta-feira, 20% na quinta-feira, 5% na sexta-feira.
E, ajude-me sempre a lembrar, quando estiver tendo um dia realmente ruim e todos parecerem estar me enlouquecendo, que são necessários 42 músculos para socar alguém, 17 para sorrir e apenas 4 para estender meu dedo médio e mandá-lo para aquele lugar...
Luís Fernando Veríssimo

Gostei muita desta mensagem e portanto, compartilho aqui

Você é forte quando pega sua mágoa e ensina a sorrir.
Você é corajoso quando supera seu temor e ajuda os outros a fazer o mesmo.
Você é feliz quando vê uma flor e se vê abençoado.
Você é amoroso quando sua própria dor não lhe faz cego à dor dos outros.
Você é sábio quando conhece os limites de sua sabedoria.
Você é verdadeiro quando admite que há vezes em que você se engana.
Você está vivo quando a esperança de amanhã significa mais a você do que o erro de ontem. Você é livre quando têm o controle de si e não deseja controlar os outros.
Você é honrado quando descobre que sua honra é honrar os outros.
Você é generoso quando pode receber tão docemente quanto você pode dar.
Você é humilde quando você não sabe como pode ser humilhado.
Você é atencioso quando me vê exatamente como sou e me trata exatamente como você é.
Você é misericordioso quando perdoa nos outros as faltas que você condena em si mesmo.
Você é belo quando não precisa que um espelho lhe conte.
Você é rico quando nunca precisa mais do que o que você tem.
Você é você quando está em paz com quem você não é.

Tradução Sergio Barros

Trabalho

Amor é doação
Trabalho e dedicação
Atendendo bem a nosso irmão
Tão necessitado de atenção

Quando penso em ensinar
Descubro o que é amar
Na arte de aprender sem imaginar

Sacrifícios constantes e sorrisos vibrantes
Estampam em meu olhar

Aprendi e vivi e assim vou seguir
Feliz a cantar

Sonhos e ilusões

Sonhos e ilusões
Parecidos e distantes
Bons e importantes
Se quiseres ter

Tão cedo aprendi
Mas também muito sofri
Sem saber lidar

A esperança se renovou
E eu só sei que vou
De novo eu vou: Sonhar

Amar você é minha sina
Deixe-me entrar em sua vida
E de ti cuidar

Se quiseres me ter
Basta então bem-querer
De novo me chamar

Saudade

Sol que brilha em meu viver
Diz pra mim quem é você
Que sorri e me encanta
E o seu cheiro me balança
A ponto de me enlouquecer

Sem querer te conheci
E desde então me envolvi
Sinto muita saudade de você

Riachuelo - Sergipe

Me chamaram pra cá e me animei
Senti-me feliz em poder ajudar
Mas logo vi o quanto preciso aprender
E muito praticar

Conheci um povo acolhedor
Povo forte e trabalhador
Quem passam necessidades diversas
Com pouca água e muita dor

Riachuelo cidade linda
Chegamos pra ajudar
Trazendo um progresso que precisa
Portanto se instalar

Lute, não se esqueça nunca de tentar
Mudará tudo tudo que precisará mudar
Viverás sempre em meu coração
Que não cansará de lembrar
De dias lindos de trabalho
Vendo as pessoas se alegrar

Que país é esse?

O sentimento de revolta envolve o ser tão ferido pelos mandos e desmandos de uma sociedade injusta.
O amor ao próximo está sendo esquecido.
A fraternidade, igualdade, solidariedade, virtudes sociais impraticáveis deveriam ser despertas no coração político de quem faz acontecer neste país.
Que país é esse? Que traz riquezas acumuladas e pessoas necessitadas?
Onde falta água até mesmo onde se tem tanta água? Onde faltam cuidados e o relaxo inflama?
Que a liderança se desponte e que a criança aprenda a viver e a conviver para construir um país melhor estruturado, equilibrado que muito além da ambição chegue até os corações o amor.

Projeto Rondon

Aprendi a aprender e
agora atrevo a me arriscar...
Sei que muito preciso
para ainda mudar

Um mundo desigual
necessitado de atenção
de estudantes cheios
de amor no coração!

Lutemos pelo Brasil
melhorando a nação
trazendo o progresso
a todos os nossos irmãos....

Evolução

No silêncio da introspecção
Percebo meu eu
Que vive a lutar
E ainda não encontra
Todo o seu sentido
Para então caminhar

Sinto a estática
Que invade a problemática
De muita confusão

Sei que preciso
Modificar o sentido
Do que não é em vão

Nada é por acaso
Melhorar é realmente necessário
Para alcançar o ápice do simples
E evoluir sem medo de um fim
Num Universo enfim
Que possibilita sempre a evolução

Computador

Ligo o estabilizador
Ativo o processador
E começo a trabalhar
Com o meu computador

Do mouse já sei
Mas confesso que muito apanhei
Sem a tal da coordenação

Do teclado eu entendo
Sei que estou perdendo
Com tanta lentidão

Percebi que preciso
Estudar muito no início
E ter muita dedicação
E absorver tudo passado
Com muito esforço e trabalho
Praticar cada lição

Amar

Dores sem fim
Sentimentos no sim e no não
Vivendo e aprendendo
Seguindo ao vento toda a ilusão

O amor machuca
Ilude e causa fagulhas
No coração

Mas agora aprendi
Que viver não é assim
Não preciso de escuridão
Basta sonhar e ter paciência de esperar
Por uma nova paixão

Ser feliz
É tudo que eu sempre quis
E agora sei que nada foi em vão

Aprendi que amar
É bem mais que lutar
É sentir a emoção!

Na arte de ajudar

Brincar de viver
Brincar e aprender
Aprender a ser
E não mais que ter

Sorrir enriquece
E um sorriso enaltece
Qualquer coração

Vivo a brincar
E porque não inventar
Outra versão

De uma vida feliz
Ajudando enfim
Todos os meus irmãos

Agora amigo

Quando te vi logo percebi
Que aquele não era nosso primeiro encontro
Meu coração despertou e logo nasceu um grande amor
Que acreditei ser eterno e não um sonho
Mas tão logo tudo se desmanchou
Sofri muito, chorei demais
E muitas vezes, voltei atrás
Em tentativas frustradas trazendo grandes mágoas
Aos nossos corações

Nossa história foi bonita
Conturbada mas querida
Dentro do meu coração
De você eu não posso esquecer
E pra sempre vou te bem-querer
E quero que saiba que pela sua felicidade
Sempre vou torcer

Disso tudo nasceu um fruto
Que eu me orgulho por ser filho do amor
Que foi intensamente vivido no meu profundo ser
E não quero jamais esquecer por tanto que me ensinou

Ai Luiz Alberto não se esqueça de crescer
Lide bem com sua vida e não deixe de entender
Que você terá sempre em mim um ombro amigo que amará você
E no seu filho um grande amigo que precisará muito de te ter
Como um pai presente e consciente de que muito ainda terá que fazer

Sentimentos

Como uma coisa assim machuca tanto
Tomando conta do ser
Uma dor profunda que a pessoa sente
Necessitando do carinho que não se pode ter

Que sentimento é esse?
Que gera uma grande carência
Que machuca aos poucos e faz sofrer
Numa aflita luta interior
Onde se predomina a solidão em todo um ser

É preciso simplesmente aprender
A viver intensamente todo o momento
A lidar com todo o sentimento
Sem poder enlouquecer
E muito menos tanto sofrer

É sentir tudo profundamente
Levando a pessoa ao enriquecimento
No campo de experiências que trazem o conhecimento
Na vivência do saber lidar quando o amor chegar
Cuidando dele e não deixando-o jamais se apagar

Procura

Saí a te procurar
Olhava para os lados e entristecia
Seus olhos verdes eu não via
Que vontade de chorar

Dancei mais uma canção
Lembrando de você perto de mim
Rostos colados e corpos entrelaçados
Num gingado mágico
Que nós dois tão bem estabelecíamos

Ainda está muito recente
E as lembranças reacendem a minha dor
Por que não posso te encontrar?
E você, onde estará?
Apareça pra mim...

Saudade, triste sentimento
Que o meu coração insiste em vivenciar
Só sei que agora muito sonho
E tenho certa a convicção
De um dia poder de novo te encontrar

Intensidade

Quando pensar em mim
Lembre do meu sorriso
Que tentou muitas vezes te alegrar
Se quiser ainda mais longe chegar
Lembre do meu abraço
Que sinceramente te tocou
E profundamente muito doou
Transmitindo todo o sentimento
Pra te tirar da carência e da solidão

Não chores porque acabou
Traga grandes sorrisos no olhar
Porque tudo aconteceu
Não é fácil assim pensar
Mas é tudo que posso te ensinar
Porque o amor aqui nasceu

E eu quero muito te mostrar
Que é por você que eu escrevo
E propago minha grande vontade de lutar
Por pessoas melhores
Que acreditem no verdadeiro sentir
Puro e simples, intenso e verdadeiro

Num mundo onde somos imperfeitos
Tendo a constante chance de mudar
Onde muitos conceitos devem-se expandir
No amplo caminho do conhecer
E sentir que mais uma vez se pode tentar

Lembre-se sempre de mim lembrar
Cuide com carinho disso tudo que quero te dar
Porque é sincero e inocente
É produto do que me fizeste sentir
Inspirando-me positivamente
Tornando-me deliciosamente dependente
Do ato de extravasar em versos a terna poesia de amar