sexta-feira, 2 de novembro de 2007

Não fique assim


Quantas vezes a tristeza te cerca
Sentes vazio e infeliz
Tudo é cansativo à tua volta
Nada mais o faz sorrir

Tornaste duro e insensível
Tornaste seco e muito vazio
As pessoas se tornaram cruzes
Que insistes em carregar
Reclamas todo dia por não conseguir suportar

Será que é mesmo assim?
Será mesmo que isto não tem fim?
Será prova de Deus?
Ou simplesmente produto dos olhos teus?

Não se sinta sobrecarregado
Não se deixe abater
Confie no Criador, no Divino
Ele mora em você
Te ama muito
E quer te ver crescer

Um comentário:

Alexandre Pereira disse...

Olá Brunielle,

Parabéns pelo Blog. São lindos os poemas e as fotos e imagens lindíssimas. Valeu!!!

Alexandre