segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Como me sinto hoje...



Me sinto com vontade de estar admirando um arco-íris. Observar sua beleza multicor e imaginar um mundo mais harmônico dentro do meu interior.
Quero começar a plantar a concórdia onde eu estiver. E começar a mostrar para as pessoas que cada um de nós, com sua cor representativa, é uma beleza para Deus e para todos nós.
Cada pessoa tem sua importância perante o Criador e perante o Universo.
E eu quero sim, a cada dia, dissipar minhas idéias, meus conhecimentos, para que eu possa propagar a minha vontade de harmonizar as pessoas, as coisas, enfim, o que estiver em meu redor.
Gostaria muito de vencer esse desânimo que me abate constantemente. E saber a fórmula para ser mais equilibrada e mais disciplinada.
Ontem eu pensava, se as pessoas buscam desequilíbrios, eu não tenho que continuar a ser como os outros. Eu tenho que ser do jeito que gosto de ser. Sim, mais disciplinada, mais equilibrada, mais tranqüila, mais pacífica.
E eu tentei nos últimos dias me aventurar nos prazeres das tentações, dos excessos da carne, bebendo, comendo, fazendo coisas sem muito pensar para satisfazer meu corpo, minha matéria instintiva. E a partir de então, comecei a me sentir tão sufocada, tão pesada.
Foi então que comecei a entender que não devo ser igual à maioria das pessoas que não pensam sobre seus atos, que não escutam seus sentimentos.
Eu quero ser diferente pela sensibilidade e ao mesmo tempo missionária da paz. Devo ser melhor no meu serviço ao próximo. Cada dia mais humilde. Cada dia mais simples e serva do Cristo.
E eu, que desejava um grande amor, comecei a me aventurar, sem compromisso e tudo me machucou porque feriu a minha essência, minhas aspirações.
E Eu ainda amo. Sim, ainda amo à distância aquela borboleta. Borboleta azul que me visitava, tão livre, e que partiu pra longe e nem sei se ainda vou de novo encontrar...
E continuo também com a idéia de que o amor se multiplica quanto mais a gente doar. E vou continuar amando, vou continuar acalmando, vou continuar buscando fazer o que Deus, Jesus me solicitar. Que seja feita a vontade bendita do Pai!



Um comentário:

FUMADOR disse...

que bem que escreves.
Bonito blog passe tb pelo meu.