quinta-feira, 9 de agosto de 2007

A um grande amigo

Não diga nada se não puder
Basta sentir o que vem de mim
E assim, viajar num mundo sem fim
Cheio de alegrias e bem-querer
É tudo que desejo a você!

Se você então, resolver dizer
Diga-me o quanto faço bem a você
Que assim, saberei como proceder
Te farei sorrir e velarei sempre por ti
Pra você não mais me esquecer

Lembre-se que contigo sonhei
e preocupada fiquei desde então

De lá pra cá, vivo a te amolar
E espero chegar numa solução:
De ver você feliz
E de volta enfim, na nossa reunião!

Um comentário:

fabio_gon2004 disse...

Adorei essa!!!
Beijos